Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

 
Agenda
 
27
AGOSTO
  7º CAAT ON THE ROAD - 100 MILHAS NA SERRA

02
SETEMBRO
  CAVEX - PORTOES ABERTOS - 02 SETEMBRO 2017

31
OUTUBRO
  PASSEIO A TREMEMBÉ

 
 
Título: ÚLTIMA RÁDIO PATRULHA DA POLÍCIA CIVIL DE TAUBATÉ
 

Caros associados  e amigos do CAAT, 


Em 1977 a Delegacia de Policia recebeu um Fusca 1300 para ser usado nos serviços burocráticos e de investigação . 

Durante sua "vida" de trabalho junto àquele orgão, foi praticamente dirigida só por um investigador , o Arnaldo, que cuidava dele como se seu dono fosse. Tem muitas histórias engraçadas sobre o ciúme que ele tinha do carro. 

Pois bem, quando soubemos que o carro havia sido "baixado", termo usado para designar carros declarados como inservíveis ao trabalho , ficamos atentos para saber que destino seria dado a ele. 




O Pedro, ou melhor o Dr. Pedro, nosso associado e Delegado Seccional na época, fez várias gestões junto a cúpula da Policia Civil, inclusive enviado ofícios , no sentido que o carro nos fosse vendido como sucata, pelo valor histórico e também sentimental ligado a cidade. Isto em 2013, quando o carro já estava há alguns anos no relento e que naquela ocasião, estava em pátio de uma empresa terceirizada , também ao relento, e se deteriorando.  


Sempre as respostas eram negativas, pois segundo estas respostas o carro teria que ser doado ao Fundo de Solidariedade do Palácio dos Bandeirantes, para ser doado como sucata e o valor revertido para aquela instituição.




Apelamos então ao Sr. Governador Geraldo Alckmin, enviado oficio, através de amigo do Sergio Garcia, e nada de resposta positiva, só negativa,  sempre atrelada ao rito da doação.




Fomos então ao Deputado Estadual Padre Afonso, através do Julio Lima, o Philaderpho, que tinha cesso direto ao parlamentar. Fomos muito bem recebidos, ouviu nosso pleito, abraçou nossa causa e ficou de nos dar um parecer. Saímos, Miné, Sergio Garcia e eu bastante esperançosos e confiantes. 

Enquanto isso, o carro havia sido trazido do pátio da empresa terceirizada e estava no pátio da Seccional em local coberto e relativamente protegido. Mas já estava bastante deteriorado . 



Passado algum tempo, a assessoria do Padre Afonso entrou em contato com Julio e informou que infelizmente nada poderia fazer quanto à doação, pois teria que   seguir o procedimento preconizado mas que acompanharia esta novela e nos informaria do destino do carro.


Em meados de Outubro, recebo mensagem do Pedro, com cópia do oficio determinando a remoção do Fusca para o pátio de leilões de Diadema.


Neste dia senti um misto de decepção, desanimo e inconformismo com o poderoso  governo do  estado de S. Paulo que amarrado numa norma burocrática, se fez de cego e surdo aos nossos pedidos de doação do carro, cujo único intuito era preservar a historia e os vínculos do Fusca com nossa cidade. Confesso que naquela hora achei que tinha perdido a batalha. Quase entreguei os pontos, mas a luta ainda não tinha acabado. Havia uma esperança e ela se concretizou.



No começo de Dezembro, Julio me ligou dizendo que a assessora do Padre Afonso informou que o carro iria a leilão no dia 09 de Dezembro, lote 04 e deu um site onde poderíamos ver os detalhes . 

Reacendeu a chama da esperança. E toca a procurar o tal site. Nada. Tentei várias combinações e nada de achar o site dos leilões . E fui indo até encontrar um endereço que era responsável pela frota do estado e finalmente achei o site do leilão. 

A assessora informou que seria dia 9 e que o lote era o nº 4. Mas não era, o leilão inciou-se dia 9 e iria até o dia 10 e o lote, depois de muito procurar, era o 342, num total de quase 600 veículos a venda.



Já tínhamos o dia e o lote. Restava participar. Me cadastrei pela internet, mas não fui aceito a participar deste leilão porque deveria ter enviado pelo correio e chegado pelo menos 72 horas antes, alguns documentos pessoais. E aí o que fazer.  Não ia nadar e morrer na praia. 

Entrei em contato com Sergio Garcia pedindo socorro e ele com seus contatos nos salvou. 



Um amigo dele, Sr. Jaime Campos , era cadastrado e participou em nosso nome. 

Os lances começaram em R$ 800,00 e foram subindo de R$ 100,00 em R$ 100,00 até chegar a R$ 2.900 valor final do arremate. 

Finalmente conseguimos o fusca da Policia . Agora era nosso, do CAAT e sem dever favor a ninguém. 


Agora vamos partir para a restauração começando pela parte mecânica,depois funilaria e pintura, elétrica e acabamentos. 


Sergio postou um vídeo muito legal sobre o carro no nosso site.


Acesse www.antigostaubate.com.br e assista. Ficou muito bom. Tem fotos e vídeos inclusive a matéria que foi divulgada pela Vanguarda.



Um abraço a todos.



Aldo D. Toledo Fusco

   
 

 
 
Clube de Autos Antigos de Taubaté
contato@antigostaubate.com.br
 

Desenvolvido por Future Tecnologia